Notícias

Conisul abre pregão para a compra de medicamentos

Publicado em: 09/10/2017 19:28 - Categoria: Administração
Conisul abre pregão para a compra de medicamentos

O Consórcio Intermunicipal do Sul do Estado de Alagoas - Conisul - abre pregão eletrônico para licitar 738 medicamentos de diversas classes terapêuticas para abastecer toda a rede pública municipal de saúde dos 42 municípios consorciados e conveniados.

O acolhimento de propostas financeiras das empresas para os lotes que serão licitados acontecerá a partir desta terça-feira, 10 de outubro, a partir das 9h e vai até o 23 de outubro, às 8h. o pregão acontecerá pela plataforma E-Licitações, do Banco do Brasil, e estará aberto a partir das 14h do dia 23/10.

Este é o maior elenco licitado pelo Conisul. A demanda veio a partir das necessidades levantadas pelos municípios. “Além de atender o que preconiza o Ministério da Saúde, estamos abastecendo os municípios com uma diversidade inédita, de acordo as especificidades de cada região onde estão situados os 42 municípios envolvidos”, destaca o diretor geral de compras, Ronaldo Lima.

Ronaldo reforça que o elenco foi construído com a participação ativa de todos os coordenadores municipais de assistência farmacêutica, que mapeou os itens dos produtos a partir das demandas da população. “Desse modo não haverá produto inutilizável estocado nas farmácias, garantindo uma grande economia e fazendo a prevenção e o tratamento das doenças de forma eficaz”.

Investimento em tecnologia

Ao longo do tempo, o Consórcio buscou inovar na execução dos processos licitatórios, com investimentos na implementação da tecnologia de informação. Além do maior pregão de medicamentos já realizado, o Consórcio passou a construir o elenco de maneira virtual, por meio de software de compras.

“Além da celeridade em toda a tramitação, a redução de erros é total, porque por meio da plataforma os municípios fazem uma execução intuitiva, e contam com a ajuda do software que detecta e bloqueia inconsistências operacionais”, completa o diretor.

Os municípios têm a sua disposição um banco de dados gerados a partir das informações fornecidas a sua disposição para acesso e conferencia a qualquer momento. A inserção de dados é tão pratica que pode executada até mesmo por um celular. Desse modo, o farmacêutico pode, de onde estiver, inserir suas estimativas e programações de compras, ou gerar seus relatórios de atividades a um toque na tela. 

leia também