Notícias

Pauline Pereira recebe prêmio Todos contra o Aedes e destaca importância do reconhecimento para os municípios

Publicado em: 11/12/2017 12:15 - Categoria: Administração
Pauline Pereira recebe prêmio Todos contra o Aedes e destaca importância do reconhecimento para os municípios

A presidente do Conisul e prefeita de Campo Alegre, Pauline Pereira, recebeu, na última quinta-feira (07), a premiação pelo projeto Todos contra o Aedes, dado pela Ensinart Editora, do Rio de Janeiro. A solenidade aconteceu no auditório da Caixa Econômica Federal em Maceió. A iniciativa da Editora contou com o apoio do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de Alagoas (Cosems).  Quarenta e cinco mil alunos dos dois Estados aderiram ao projeto, sendo 23 mil de Alagoas.

Campo Alegre teve dois professores e um aluno premiados. Na solenidade, a gestora ressaltou que a adesão levou Alagoas a formar um exército contra o Aedes e solicitou à Caixa e a Editora Ensinart que invistam em mais ações no mesmo formato. "Gastamos muito mais com pessoas internas e sequeladas por causa da Zica e Chicungunya, que no investimento de iniciativas deste porte. Pelo menos 1.5 mil alunos receberam a carteirinha de combatentes voluntários e atuarão na família e comunidade".

Pauline solicitou às empresas patrocinadoras do projeto que a próxima ação seja voltada à educação para a reciclagem. O gerente regional da Caixa, Josué Cardoso, salientou que os projetos somente dão certo quando têm o gestor à frente deles. "Formamos um exército mirim de combate ao mosquito, mas somos todos responsáveis pelo processo de mobilização contra o Aedes. Vale lembrar que investir em educação, saúde e saneamento é uma sequência do bem que traz ganhos para toda a sociedade".

Além de Campo Alegre, São José da Tapera levou 4 prêmios; Arapiraca 1, Teotônio Vilela 1; Taquarana 1; e Estrela de Alagoas 1. De acordo com Carlos Aquiles Siqueira idealizador do projeto e diretor presidente da Ensinart Editora, do Ceará, os 45 municípios dos dois estados - sendo 23 de Alagoas -  realizaram ações de campo e postaram em média seis mil ações entre fotos e vídeos e das 139 propostas de projetos e ações enviadas, foram selecionadas as melhores e postadas na internet. A partir de então, foram contabilizados 6 mil votos e os mais votados são os premiados.

"Foram duas etapas de votação: a primeira de júri técnico que submeteu os melhores projetos à votação popular pelo Facebook. Utilizamos um software que só era possível votar uma vez do mesmo celular e computador", destacou Aquiles, acrescentando que Alagoas teve 230 professores qualificados e Pernambuco 220. Segundo ele, serão entregues aos dois Estados 19 prêmios, já que houve um empate no número de pontuação entre dois estudantes, e seis modalidades de prêmios, sendo três premiações por modalidade.

As modalidades são: Prêmio Criatividade, Melhor Projeto, Meio Ambiente, Melhor Redação; Melhor História em Quadrinhos; e Melhor Paródia Musical, Poema, Cordel. De acordo com Aquiles, o objetivo do projeto é a partir da qualificação dos professores e do material didático fornecido, livro do aluno e manual do professor, conscientizar e formar alunos do ensino fundamental das escolas públicas, priorizando os municípios com índice de infestação predial com risco de surto, para atuarem como cidadãos protagonistas, na identificação e alerta aos pais, serviços de vigilância epidemiológica e demais adultos, quanto aos focos do mosquito, formando brigadas mirins de ação permanente de combate ao Aedes aegypti.

Alagoas se destacou no Prêmio Criatividade: Viviane Aparecida Santos Cavalcante de Arapiraca (2º lugar) e Margarete Pinheiro de Teotônio Vilela (3º lugar). No Melhor Projeto: Elayne Cristinne Martins da Silva Santos de Campo Alegre ficou em 2 º lugar e Rosa Maria Cardoso de São José da Tapera em 3º. No Prêmio Meio Ambiente Carla Cristina dos Santos de Campo Alegre ficou em 1º lugar e Edna Farias de Taquarana em 3º.

O prêmio de Melhor Redação foi vencedora Jordania dos Santos Moraes de Campo Alegre e Anderson dos Santos Silva de São José da Tapera, que levou a 3º colocação. Na Melhor História em Quadrinhos, Fabrício Gomes dos Santos de São José da Tapear fica em 3º lugar. O prêmio de Melhor Paródia Musical, Poema e Cordel teve Ana Clara Cabral Ferro de Estrela de Alagoas como a 3º colocada.

Com informações do Ascom Cosems/AL

leia também